Início » Entrevista – A Rainha do Frescobol Brasileiro

Entrevista – A Rainha do Frescobol Brasileiro

Frescobol

Patrimônio imaterial da Cidade do Rio de Janeiro.

fale conosco

Instrutores perto de Você

A.F.R.O.

Coração Valente

Arena Pôr do Sol da Lagoa

Viciados por Frescobol

Garagem Búzios

Arena Araruama

Itacoatiara FrescobolArte

G-FIG

ACAFRE

Arena Santista

Arena Praia Grande-SP

ASFRET – ASSOCIAÇÃO DE FRESCOBOL DE TAMBAÚ

Equipe Olinda – PE

Arena Candeias PE

Equipe São Luís – MA

FamiliaFrescobol-Salvador-BA

FamiliaFrescobol – Brasília

Amigos Apaixonados pelo Frescobol – Salvador-BA

Vilas do Atlântico

Frescobol London

FRESCOBOL GREECE

Frescobol Portugal

Frescobol Itália

Estatísticas do Portal

  • 94.808 Visitantes

Confira uma entrevista realizada com a atual Tri Campeã e Rainha do Frescobol Brasileiro pela ABRAF.

Dedicada aos amigos da A.F.R.O. – Associação de Frescobol de Rio das Ostras, Silvia Silva de Oliveira – Silvinha – com muito carinho deixa seu recado!

 

1 – Quando começou sua trajetória nas competições de Frescobol?

Silvinha: Há 20 anos, desde 1996.

2 – Qual foi seu “maior momento” no Frescobol? Por que?

Silvia01

Silvinha: Foi quando em 2003 eu fui pela primeira vez campeã, em um torneio brasileiro em Salvador. O torneio teve patrocínio da Vivo. Meu mestre e parceiro foi o Cláudio Gonçalves  (Cacau).

3 – Como é a sua rotina de treinos?

Silvia02

Silvinha:  Eu apenas treino nos finais de semana devido ao meu trabalho como profissional de Educação Física.

4 – Como é a sua preparação mental nos dias e momentos que antecedem uma grande Competição?

Silvia03

Silvinha: Eu procuro me alimentar de uma dieta a base de carboidrato e tento dormir 8 horas na noite anterior. Isso já me trás concentração. Na manhã do evento,  repasso mentalmente as jogadas que tenho dificuldade e procuro me concentrar mais nelas.

5 – Em poucas palavras, o que ainda falta acontecer no Frescobol?

Silvinha: Comprometimento da nossa federação em busca de uma integração entre as associações. Temos que promover reuniões com os presidentes das associações em busca dessa integração.