Início » Entrevista com Evandro Franco

Entrevista com Evandro Franco

Frescobol

Patrimônio imaterial da Cidade do Rio de Janeiro.

fale conosco

Instrutores perto de Você

A.F.R.O.

Coração Valente

Arena Pôr do Sol da Lagoa

Viciados por Frescobol

Garagem Búzios

Arena Araruama

Itacoatiara FrescobolArte

G-FIG

ACAFRE

Arena Santista

Arena Praia Grande-SP

ASFRET – ASSOCIAÇÃO DE FRESCOBOL DE TAMBAÚ

Equipe Olinda – PE

Arena Candeias PE

Equipe São Luís – MA

FamiliaFrescobol-Salvador-BA

FamiliaFrescobol – Brasília

Amigos Apaixonados pelo Frescobol – Salvador-BA

Vilas do Atlântico

Frescobol London

FRESCOBOL GREECE

Frescobol Portugal

Frescobol Itália

Estatísticas do Portal

  • 94.808 Visitantes

Confira abaixo uma entrevista com o  instrutor de Frescobol na Cidade de Santos-SP e Bi-Campeão de Frescobol do Circuito ABRAF (2014/15) na Categoria Amador Dupla Mista – EVANDRO FRANCO!

(MAISFRESCOBOL)  1 – O que o Frescobol representa para você?
E conta pra gente como foi o ano da conquista do seu Título na Categoria Amador no Circuito ABRAF.

(EVANDRO) –  Pra mim o Frescobol é um esporte fantástico e viciante. Todo dia de treino é um desafio em jogar melhor e entrosar o jogo com o  seu parceiro, nao deixar a bola cair e superar seus limites e sua técnica.
Começei a jogar no Circuito ABRAF com uma experiência em  dezembro de 2013. Em 2014, começei pra valer a disputar as etapas do Circuito ABRAF. Treinava de duas a três horas, cinco vezes na semana com minha parceira Juliana Vieira. Toda etapa era um desafio pois não tínhamos experiência nenhuma em torneios.
O primeiro título de Campeão Brasileiro Amador veio em dezembro de 2014, após disputar 6 etapas.Essa rotina de treinos e dedicação também se deu em 2015, levando-nos ao bi-campeonato do Circuito ABRAF.

(MAISFRESCOBOL) 2 – Atualmente, como é sua rotina de Treinos e você faz planos para jogar as Etapas do Circuito Profissional neste ano?

(EVANDRO) –  Minha rotina de treino é de 3 a 4 dias por semana, visando participar de algumas etapas na categoria profissional. Nesse ano de 2017 já obtivemos a 6° colocação na categoria profissional mas infelizmente não participaremos de todas as etapas.

(MAISFRESCOBOL)   3 – Como é dividir seu tempo para exercer a atividade como Instrutor de Frescobol em Santos SP e quais as maiores dificuldades encontradas?

(EVANDRO) – Entre os meus treinos também ajudo os iniciantes a praticar Frescobol passando toda base e fundamentos.
Esse trabalho feito com iniciantes é durante os finais de semana em nossa Arena em Santos – SP.
Infelizmente o número de praticantes de Frescobol em Santos diminuiu muito e falta de Competições não estimula novos atletas.

(MAISFRESCOBOL)  4 – O que ainda falta acontecer no Frescobol Competição para que este se torne ainda mais reconhecido e praticado?

(EVANDRO) – Na minha opinião o Frescobol competição precisa se fortalecer junto com as instituições pra que possa realmente se tornar um esporte no futuro.
Com toda organização necessária, unificação das regras, patrocinadores e união dos atletas o Frescobol será com certeza cada dia melhor!